25 de fevereiro de 2012

Dolores

De tarde toda a rua ouvia
As dores de Dolores
No rádio a pilha de Maria

De tarde toda a rua via
O sol se pondo em silêncio
As mães pondo os filhos para dentro
Enquanto Dolores era acompanhada por Maria
Em sua triste cantoria

Maria sofria
Por um amor que não vingou
Era por isso que ela nunca sorria

A noite chegava em passos lentos
A lua, aos poucos, tomava acento
E a rua toda sentia
As dores de Dolores
O sofrimento de Maria...


Anderson Lopes

18 de fevereiro de 2012

O Carnaval

É fevereiro
O samba é curandeiro
A dor de um ano inteiro se esvai no carnaval
O morro se fantasia
Pinta de alegria
As cicatrizes da vida real.

Anderson Lopes

11 de fevereiro de 2012



Um dia ele saiu
E foi além de onde sempre ia
Afastou-se da margem
E numa viagem
[sem ida e sem volta]
Libertou o que lhe prendia...

Anderson Lopes

A solidão foi embora
Mas eu ainda cultivo aquela tristeza
Que me afastou de amores anteriores

A solidão foi embora
Mas eu ainda passo horas sozinho
Para entender melhor as minhas dores

A poesia me quer só
Para escorrer entre os meus dedos
Sem que ninguém perceba.

Anderson Lopes

3 de fevereiro de 2012

Adeus Solidão

Ah, solidão
Que há tanto tempo me tem
Ela veio para te desafiar
E tomar posse dos desejos meus

Ah, solidão
Em breve não serei tão só
Ela veio para me resgatar
Dos frios aposentos teus.

Anderson Lopes