26 de julho de 2013

Canção de Inverno



O frio chegou tomando acento
Deixando tudo mais evidente
A dor
A saudade
Os medos da gente
E a solidão dos carentes

O agasalho
A lareira
A água quente
E a má condição dos indigentes

O olhar
O paladar
O cheiro da flor
Uma canção de amor
Que de repente
Toca e torna tudo mais atraente...

(Anderson Lopes)

15 comentários:

  1. Meu querido poeta Anderson, nunca esteve tão frio antes aqui no Sul, frio esse que se esparrama pelo pampa e agora Brasil afora, e teu poema coloca o frio como protagonista de todos os sentimentos, bons e ruins... a dor a saudade os medos da gente, mas tem o olhar o paladar o cheiro da flor...uma canção de amor de frio de saudade de amizade uma canção de poesia. Sempre um prazer viajar em teus poemas.
    ps. Meu carinho meu respeito meu abraço.

    ResponderExcluir
  2. Olá, Anderson.

    Bonito poema.

    O frio fica ainda mais frio quando frio está o coração.

    Abs!

    ResponderExcluir
  3. Anderson, uma doçura de poema, gostoso de ler...Beijos e ótimo domingo!

    ResponderExcluir
  4. Anderson,
    Que vastos e sensíveis versos.
    Um deleite para quem os lê.

    ResponderExcluir
  5. o frio chegou e preciso de um aquecedor elétrico brother harara...

    ResponderExcluir
  6. O frio, a dor, com o calor se desfaz.
    Sempre amo ler aqui.

    ResponderExcluir
  7. É o frio que nos expõe...

    Aquele abraço!

    ResponderExcluir
  8. Lindo texto abordando os efeitos do frio. Ainda bem que uma canção de amor torna tudo mais atraente! Meu abraço,Anderson.

    ResponderExcluir
  9. Bela obra, forte e real ao extremo!
    Grande abraço e sucesso!

    ResponderExcluir
  10. Confesso que virei o nariz com "a solidão dos carentes", mas por ter havido espaço para "a má condição dos indigentes", voltei a ter simpatia pelo poema. Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Como sempre inverno és, frio ... mas sabes como esse frio tocar o coração de cada um!!

    pensando com arte*

    ResponderExcluir
  12. Ah, esse frio que chega e em dias tristes, gela o coração da gente!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. A chegada do inverno é bem aceita aos enamorados e temida aos cidadãos esquecidos nas calçadas.
    O mais triste é que as pessoas acabam esquecendo daqueles que deveriam ser mais lembrados nessa estação tão gélida.

    ResponderExcluir